Tecnologia do Blogger.
RSS

Uma trilha sonora para sonhar


Há uns dias atrás comecei a me encantar pela série japonesa de RPG para videogame "Final Fantasy". As imagens são impressionantes e a trilha sonora, meu Deus do céu, é fantástica! Corri atrás das canções da compositora Yoko Kanno, que compõe para a série, e cada vez fui descobrindo uma canção mais linda que a outra. Encontrei uma das suas músicas interpretada pela cantora japonesa Maaya Sakamoto que me deixou encantada com a sua interpretação e voz. A música é belíssima!






Kiseki no Umi
(Yoko Kanno)

Yami no yozora ga futari wakatsu no wa
Yobiau kokoro hadaka ni suru tame
Kazari nugisute subete nakusu toki
Nanika ga mieru

Kaze yo watashi wa tachimukau
Yukou kurushimi no umi e to
Kizuna kono mune ni kizande
Kudakeru nami wa hatenaku tomo

Nani wo motomete daremo arasou no?
Nagashita chishio hana wo sakaseru no?
Toutoki ashita kono te ni suru made
Deaeru hi made

Kaze yo watashi wa tachimukau
Yukou kagayaki wo mezashite
Inori kono mune ni dakishime
Samayou yami no you na mirai

Kaze yo watashi wa osorenai
Ai koso mitsukedashita kiseki yo
Kimi wo shinjite'ru yorokobi
Arashi wa ai ni kizuku tame ni fuite'ru

Tradução

O céu noturno separa os dois
Para revelar os corações que chamam um ao outro.
Quando despimos nossos ornamentos, perdemos tudo,
Podemos ver algo.

Vento, estou indo contra você,
Vou até o mar do sofrimento.
Os grilhões cortam meu peito,
A onda que se quebra é infinita.
O que desejam aqueles que lutam?

O sangue derramado vai fazer florescer as flores?
Até que o precioso amanhã esteja em minhas mãos,
Até o dia em que possamos nos encontrar.

Vento, estou indo contra você,
Vamos, mirando a luz (o brilho)
Acolhendo a prece em meu peito,
Vago em um futuro parecido com a escuridão.

Vento, não terei medo.
O amor é o milagre que encontrei.
A felicidade de acreditar em você,
A tempestade sopra para que percebamos este amor.




 "Early Bird" Uma das minhas favoritas





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário