Tecnologia do Blogger.
RSS

Tatoo não se desfaz


As pessoas estão cansadas de saber a responsabilidade que é fazer uma tatuagem, mas pelo impulso do momento acabam tomando decisões precipitadas que podem comprometê-las depois. Sinceramente eu acho o cúmulo da idiotice tatuar o nome da pessoa amada do momento, tolice maior, é apagá-la pensando que realmente será desfeita. Isso é tão superficial! As coisas acabam, amores vem e vão, e depois do arrependimento, o preço é caro! O amor é forte, mas as pessoas são frágeis e por essa fragilidade, as vezes todo esse amor se transforma apenas em recordações, daí o novo cenário(parceiro) requer que as marcas do passado sejam deletadas, mas, usando a razão, é natural que ambos queiram por um fim nesse contexto desagradável, ninguém quer namorar uma pessoa que tenha o nome de um amor taduado em seu corpo, a solução é apagar ou cobrir com uma imagem.
Eu me posiciono diferente a isso. Quando o amor é daqueles marcantes que merece uma recordação eterna, acho interessante expressá-lo em forma de tatuagem, mas ao invés do nome, prefiro algo que represente a pessoa amada, que seja uma característica dela, um gosto dela, uma frase, parte de uma música, algo que realmente represente o momento dos dois, assim, se houver uma separação, o próximo amor não precisa saber que aquela tatoo foi feita para um amor passado, ela não precisa ser desfeita, fica como uma recordação dos bons momentos que viveram juntos e que só cabe a própria pessoa saber. Pense nisso! Eu faria assim...


...No  meio  da  imensa confusão o  jovem ainda  
apaixonado  Erik  escondia  a  tatuagem  que fez 
para  a  sua   amada  Scarlet,  apenas   ele  sabia 
que   aquela  marca  representava   o  amor  com  
gosto de  adeus,  mas  ele  não sabia  que também 
estava  marcado  no  corpo  de  Scarlett,  mais  do 
que o  amor que  agora  a sufocava, a Fênix fazia  
questão   de   lembrá-la   que   o  sentimento  pelo  
    homem   que  mais   amou  sempre   renascerá  das 
 cinzas...                                                               






Durante a nossa vida:
Conhecemos pessoas que vem e que ficam,
Outras que, vem e passam. Existem aquelas que,
Vem, ficam e depois de algum tempo se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com 
uma enorme vontade de ficar...
                              
(Charles Chaplin)



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comentários:

Kelson Freitas disse...

Boa dica! Concordo em não tatuar nome até pq hj em dia é dificil o amor bater na porta. rs
Tbm tenho uma fênix tatuada, mas é por mim mesmo pq o sentido dela parece me representar bem. É isso girl.

bj

Kadidja Paiva disse...

Gostei muito deste post e concordo integralmente com você.
Ah, essa mensagem do Chaplin é tão verdadeira quanto todas as demais que ele deixou.Sou fã dos escritos dele.
Xêro!

Ellys Soares disse...

Fênix e Chaplin fazem parte de mim...Admiro!

Bom, fica aí minha "deixa" de como fazer tatoo.

Kerlynha Maciel disse...

Adorei o post!
Texto bem feito, muito criativo. Está escrevendo bem hein amiga! ;)
hehhehehe...

Há! Tatoo... tu sabe que carrego comigo um gosto "peculiar" sobre elas, não é?!!
rsrsrrsrs...

Beijos de saudades!
;**

Ana disse...

Gostei muito Ellys! de verdade. Muito bem escrito. Ah, Scarlet é mesmo admirável.

beijo, e sucesso!

Postar um comentário