Tecnologia do Blogger.
RSS

Desde que haja som





De dia desses pra cá encafifei com minha resposta sempre que alguém perguntava qual é o meu tipo musical preferido, curtamente eu dizia: Gosto de vários. Daí quando me dei conta de que essa resposta era absurda demais para qualquer ser, minimamente inteligente, e que goste tanto de música quanto eu, pensei melhor e resolvi mudar minha resposta. Hoje eu digo que gosto daquela música que me instiga a ouvi-la novamente. A resposta continua curta, porém mais digna!
Em meio a um leque de opções musicais, pra que limitar-se a um único estilo quando podemos nos deleitar com diferentes situações, diferentes sentimentos? É estranho que uma pessoa tenha apenas um gosto musical, poxa, com tanta coisa boa pra se ouvir! Muitas vezes eu gosto só de uma música de determinada banda, por isso chego a dizer que na verdade eu gosto mesmo é de música e não de "Bandas", mas tem algumas que são completas. Talvez não seja tão eclética, me julgo mais seletiva, por isso acho pouco possível uma pessoa curtir apenas um único tipo de coisa, tudo se encaminha à limitação imposta para que seja passada uma proposital imagem ao próximo. Se você disser que gosta de Rock passa aquela imagem de independe, destemido, inteligente, com repúdio a futilidade; se disser que curte Funk passa a imagem de piriguete, sou pobre, mas sou feliz; se for forrozeiro é o ligadão, atualizado, popular; se disser que gosta de Ópera passa a imagem de culto e rico, agora se você diz que gosta de tudo passa logo a imagem de pessoa sem opinião própria, indecisa.  Ah, que se dane a imagem que vou passar! Eu gosto mesmo é de música, qualquer uma que me faça querer ouvi-la  de novo. 



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Ana disse...

Traduziu exatamente o que eu penso prima.

Ellys Soares disse...

Estamos em sintonia, prima! ;)

Postar um comentário