Tecnologia do Blogger.
RSS

Misteriosamente a sua primeira rosa




"Nalgum lugar em que eu nunca estive
Alegremente além de qualquer experiência
Teus olhos tem o seu silêncio
No teu gesto mais frágil.
Há coisas que me encerram
Ou que eu não ouso tocar
Porque estão demasiado perto.
Teu mais ligeiro olhar facilmente me descerra
Embora eu tenha me fechado como dedos
Nalgum lugar...

Nada que eu possa perceber neste universo
Iguala o poder de tua intensa fragilidade
Cuja textura
Compele-me com a cor de seus continentes
Restituindo a morte e o sempre
Cada vez que respirar
..."

(Nalgum Lugar-Zeca Baleiro)


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Precisamos de humanidade




"(...) O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.


Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.


Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e s
entimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido. (...)"



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Fado Improvável-Os Barbixas


Só porque eu já nem sei quantas vezes vi esse vídeo e cada vez ele fica mais engraçado, e também por admirar o trabalho desses moços, escolho-o para espalhar alegria aqui neste espaço.




Que o bom humor continue sendo o combustível dos meus dias. 


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Somewhere Over The Rainbow




"(...) - Ainda assim - disse o Espantalho - quero um cérebro em vez de um coração; porque um tolo não saberia o que fazer com um coração se tivesse um.
 
- Fico com o coração - respondeu o Homem de Lata. - Porque cérebro não faz ninguém feliz, e a felicidade é a melhor coisa do mundo...

- ...Meu amigo galvanizado, você quer um coração? Você não sabe o quão sortudo és por não ter um. Corações nunca serão práticos enquanto não forem feitos para não se partirem…”          
  
(O mágico de Oz)



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Deixar fluir...

"O recomeço é sempre difícil para todo mundo. 

Por isso não se importe tanto com o lugar onde você parou, com o que você perdeu, ou com o que poderia ter sido... A gente cansa mesmo, não importa em que ponto esse cansaço surge. Chega um momento em que temos que nos permitir a inércia pessoal, para podermos refletir, chegar até as profundezas do nosso eu. Ficar quieto e ouvir o que há dentro de nós.  

O importante mesmo é ter a coragem de recomeçar. Dar a si mesmo a chance de se refazer, de se reciclar ou de chegar a conclusão de que é melhor continuar sendo você mesmo. Por que, não? Recomeçando a gente renova as esperanças em nós mesmos e na vida. A gente sofre, perde e ganha, chora e ri, mas nesse ciclo de reviravoltas, a gente aprende, e muito. 

Contudo, não se engane quem pensa que é um caminho fácil: você se sente só, perdido, sente raiva, mágoa, incompreensão e muitos outros sentimentos descartáveis que vêm como acompanhamento. Mas depois dessa ‘desintoxicação’, sua alma é lavada. 

E depois de todos esses processos, é hora de reiniciar a vida. Hora de dar start no coração e reviver, renascendo, como uma Fênix renasce das cinzas para iluminar, incinerando qualquer vestígio de desengano e despropósito. 

Só é preciso ter a certeza de que na vida, tudo tem começo, meio e fim. Mas depois disso, o ciclo recomeça, pois o fim só chega mesmo pra quem não crê em recomeços."

(Carol Queiroz)
 

   "Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga a vida, Como quem não tem o que perder. Como quem não aposta. Como quem brinca somente. Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Sonha que é de graça. Não espere. Promessas, vão e vem. Planos se desfazem. Regras, você as dita. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Sonhos se realizam, ou não. Os olhos se fecham um dia, pra sempre. E o que importa você sabe, menina. É o quão isso te faz sorrir. E só!"
 
                                                                                                                                     (C.F.A)

------------------------------------------------


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Orgulho Asteca


"(...) Embora as paredes da sala do trono estivessem repletas de tapeçarias de penas e painéis de pintura, não havia outros móveis além do trono, aquelas cadeiras baixas para as visitas e, bem em frente ao ueytlatoani, uma mesa baixa de ônix negro sobre a qual repousava, voltado para ele, um branco e reluzente crânio humano.
- Meu pai, Coiote Abstinente, o pôs aí - disse Nezahualpili, ao perceber que eu olhava para o objeto. - Não sei a razão. Pode ter pertencido a algum inimigo derrotado, para o qual gostava de olhar com maldosa satisfação. Ou algum ente querido perdido pelo qual nunca deixou de chorar. Ou conservou-a pela mesma razão que eu.
- E que razão é essa, senhor porta-voz? - Perguntei.
- Entram nesta sala enviados trazendo ameaças de guerra ou propondo tratados de paz. Chegam cheios de queixas, reclamações, ou pedindo favores. Quando essa gente dirige-se a mim, seus rostos podem contorcer-se de raiva, abater-se de sofrimento ou sorrir, em falsa devoção. Deste modo, enquanto os ouço, não olho para os seus rostos, mas para esta caveira.
Só consegui dizer:
- Por que, meu senhor?
- Porque este é o rosto mais limpo e mais honesto do homem. Nenhuma pintura ou disfarce, nenhuma astúcia ou careta, nenhum piscar furtivo ou sorriso para angariar minha simpatia. Apenas um riso irônico e imutável, zombando das preocupações e urgências dos vivos. Quando uma visita pede que eu promulgue uma lei imediatamente, contemporizo, dissimulo, fumo um poquietl ou dois, enquanto olho longamente para esta caveira. Ela me lembra que as palavras que pronuncio podem sobreviver à minha própria carne, podem se manter durante muito tempo como firmes decretos. E que efeito farão nos que então viverem? Ayyo, frequentemente esta caveira tem me prevenido contra decisões impacientes e impulsivas. - Nezahualpili voltou os olhos da caveira para mim e sorriu. (...)"

(Trecho do livro "Orgulho Asteca" pp. 220 - 221.)


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Verdade




"A verdade é que a maioria das pessoas não está nem aí para a alta dos preços, para a cotação do dólar ou pra corrupção dos deputados. A verdade é que mesmo quando os jovens se mobilizavam, o intuito da maioria não era muito diferente de quando, hoje, alguém compartilha pela internet algum manifesto sobre liberdade. A verdade é que pouca gente se importa com o drogado na rua, e que ninguém se lembra que o Haiti ainda é pobre. A verdade é que a camiseta importada da Nike pode ter sido confeccionada pelas mãos de uma costureira em regime de trabalho quase escravo. A verdade é que todos esquecem que também somos animais, que pouca gente para pra pensar na situação humana e que os poucos que pensam na maioria das vezes se julgam superiores. A verdade é que ninguém é superior, mas no fim das contas o que dita isso é o dinheiro. A verdade é que a Google vai dominar o conteúdo na rede. A verdade é que há muito mais de uma teletela em um monitor do que se pode imaginar. A verdade é que todos deveriam ler Shakespeare, ser bilíngues e viajar mundo a fora. A verdade é que quase ninguém entende porque La Gioconda vale tanto. A verdade é que o ócio é menos criativo do que o que dizem. A verdade é que o rechilieu de Cachoeira e São Félix é tão arte quanto Oswald de Andrade. A verdade é que a maioria dos brasileiros confunde diretas já com o fim do regime militar... A verdade é que o pensamento filosófico oscila feito um pêndulo. É verdade tudo que Sócrates disse a respeito do conhecimento. É verdade que não há verdade absoluta..." 
(Bianca Leite)  


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS