Tecnologia do Blogger.
RSS

Metade exilada de mim


Algumas pessoas realizam os seus sonhos, outras não conseguem ir tão longe, e ainda existem aquelas que não vivem o suficiente para que possam fazer tal escolha. Se o mundo é cheio de armadilhas, a qualquer momento podemos cair em uma delas. É uma prova de estar vivo. Aqui no mundo, todos sofrem, todos choram.
 Mano, hoje sou eu quem chora de saudade, sei que ela vai me acompanhar enquanto eu viver, e suas lembranças jamais serão apagadas da minha memória. Um coração de menino com uma ternura sem igual, companheiro, amigo, irmão...
As vezes penso que isto não é real e que esse pesadelo vai passar. Fecho meus olhos pra te sentir perto de mim, prefiro acreditar que ainda estás entre nós.

                                            Fica em paz, meu anjo.


Eder Soares 04/07/1984-28/03/2010

                                                     

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário